Maarten Janssen

Home

Research

Publications

YakwaSI

SIMuLLDA

OSLIN

CorpusWiki

Website Links


Bahia De Outrora

Na Bahia de outrora, de Mestre Pastinha, Mestre Valdemar
Ladainhas de Angola, onde o canto me faz recordar
Do tempo que era tão bom, onde eu queria viver
Conhecer toda a mandinga, toda a malícia e também o saber
Ai, ai, aaaai, ai, ai, saudade que eu tenho demais
Ai, ai, aaaai, ai, ai
Do tempo que não volta atrás
Ai, ai, aaaai, ai, ai
Quando Bimba era rapaz
Ai, ai, aaaai, ai, ai
Era um tempo bom demais
Ai, ai, aaaai, ai, ai
Capoeira era jogada, o capoeirista que tinha valor
Era um tempo que não tinha grupo, que não tinha mestre de graduação
Os olhos ensinavam a jogar, cada um tinha a sua expressão
O aluno era discípulo aprendia com o mestre toda a lição
Ai, ai, aaaai, ai, ai, saudade que eu tenho demais
Ai, ai, aaaai, ai, ai
Seu pastinha lá no cais
Ai, ai, aaaai, ai, ai
Valdemar do Pero Vaz
Ai, ai, aaaai, ai, ai
Era um tempo bom demais
Ai, ai, aaaai, ai, ai

back to list